O ano de 2003 foi o divisor de águas para o alto executivo Paulo Alexandre, que decidiu seguir o coração para ficar mais próximo da família e abriu mão do cargo em uma grande multinacional, apostando todas as fichas em uma loja de consertos de roupas. Neste mesmo ano nascia a Arranjos Express, rede de franquias de consertos e customização de roupas, que por meio da criatividade e dentro das tendências da moda, ajusta e reaproveita peças, fazendo com que elas ganhem mais tempo de uso.

A ideia da marca veio ao encontro do estilo de vida do visionário que, junto com sua esposa, buscava alternativas para reduzir o lixo produzido e desta forma ajudar a preservação do meio ambiente. “Cuidados com descarte de lixo e consumo desenfreado sempre foi uma preocupação nossa e quando decidi empreender, foi essencial pensar em um negócio que colaborasse de alguma forma com o que eu acreditava para um mundo melhor”, detalha Paulo.

A franquia portuguesa, que é uma das maiores no segmento de consertos de roupas, tem como diferencial a diversificação de serviços que acompanham tendências globais do mercado têxtil, consolidando-se como referência em alinhavar a personalidade única de seus clientes por meio da customização e transformação no universo fast fashion, sendo uma opção de sustentabilidade, estimulando e favorecendo a redução do consumo. Assunto já abordado aqui no blog https://arranjosexpress.com.br/br/reutilizacao-de-roupas-e-a-nova-moda-para-o-consumo-consciente/.

Todas as unidades da Arranjos Express oferecem serviços como ajustes, trocas de zíperes, confecção de barras, customizações, transformações, atualizações, confecção de itens de decoração e roupas para pet com peças que seriam descartadas, além do Home Care Fashion, que oferece o serviço de reforma em geral de roupas e pequenos ajustes, em condomínios, empresas, hotéis, domicílios, academias etc.

A grande oportunidade da Arranjos Express é estar lado a lado com o lema de viver com menos. “Nós incentivamos a transformação de maneira inteligente onde possamos deixar a peça de roupa sempre atual e com outra cara. Prezamos pelo reaproveitamento e investimos na sustentabilidade. Nós temos no DNA o movimento Upcycling”, conclui Paulo Alexandre, sócio diretor da marca.