O mundo da moda vem se questionando há tempos sobre o impacto que seu lixo causa no meio ambiente e com isso, algumas grandes marcas já se mobilizam para diminuir todo esse resíduo.

Segundo o Sebrae, aproximadamente cerca de 170 mil toneladas de retalhos são geradas por ano no Brasil e vão parar no lixo. Uma das formas adotadas pela indústria da moda é o upcycling, que já vem sendo difundida entre aqueles que gostam do reaproveitamento.

O significado do termo é reutilizar um produto de menor qualidade, transformando-o em algo de maior valor.

A ideia de upcycling também se faz presente quando o que seria lixo vira algo que não vai parar nos aterros sanitários, ou que terá seu tempo de vida prolongado. Aliás, em post publicado aqui no blog, já falamos sobre soluções para o resíduo têxtil https://arranjosexpress.com.br/br/residuo-textil-conheca-4-solucoes/, vale a pena ler.

Um exemplo bem recente do sucesso de reaproveitamento foi o vestido da atriz Marjorie Estiano, assinado pela estilista Fabiana Milazzo, feito de retalhos, usado durante o Emmy Internacional, na semana passada. O look chamou bastante atenção da imprensa especializada em moda, tanto pela sua beleza como pelo material utilizado.

Além de grandes marcas fashionistas, empresas de reaproveitamento também caem no gosto do público eco-friendly, transformando peças em novos looks e inspirando cada vez mais iniciativas que visam diminuir o descarte rápido.

Nós da Arranjos Express nascemos com o DNA do reaproveitamento e sempre reforçamos com nossos franqueados a ideia de fazer moda com menos consumo, tanto nas lojas como no Home Care Fashion, que é o nosso serviço que oferece reforma em geral de roupas, além de pequenos ajustes, em condomínios, empresas, hotéis, domicílios, academias e etc.

Apostamos na sustentabilidade, reaproveitamento, customização e reparos de costura. “Guarda-roupa consciente é a frase da vez. Chegou a hora de reavaliarmos o conceito de consumo exacerbado e brincar com o que já temos, dando novos usos a antigas peças”, explica Paulo Alexandre, sócio-fundador da Arranjos Express.

Então fica a dica: upcycling é soltar a imaginação e reaproveitar peças e até retalhos que seriam descartados. Caso não tenha a habilidade necessária ou tempo para isso, procure uma de nossas lojas e disponha de mão de obra qualificada para transformar o que seria lixo em modelos com ressignificado e identidade única.

Créditos: @iemmys e Pinterest